Circo Crescer e Viver oferece aulas teóricas aos alunos do Profac

Circo Crescer e Viver retoma as atividades do programa de Residência Artística
12 de agosto de 2019
Itaú Social é o novo parceiro institucional do Circo Crescer e Viver
22 de agosto de 2019
Com o apoio da BR Distribuidora, palestras e rodas de conversa com convidados estão sendo realizadas com os jovens do programa de formação

Durante os meses de julho, agosto e setembro, os alunos do Programa de Formação do Artista de Circo, da Escola de Circo Crescer e Viver, estão participando de aulas teóricas como parte da matriz curricular do programa, no auditório da BR Distribuidora, empresa patrocinadora do Circo Crescer e Viver.

Na primeira etapa, os estudantes tiveram a oportunidade de ouvir nomes consagrados do segmento artístico-cultural, convidados pelo Circo Crescer e Viver. O ciclo de palestras trouxe temas como: “Cultura Popular”, exposto por Miguel Jost; “A Cultura Nacionalista e o Reacionarismo”, por Francisco Bosco; “Gestão Cultural”, por Lia Baron; “História da Arte”, por Paulo Knauss; e “Fisiologia do Exercício aplicada à Pratica Circense”, por Marcus Rangel.

Já nesta nova fase, os alunos passam por uma roda de conversa sobre Direitos Humanos com a coordenação de sustentabilidade da BR Distribuidora. Assuntos como racismo, sexualidade, sexismo, classes sociais entre outros estão sendo discutidos entre os estudantes e os debatedores.

O objetivo é que, depois desses três meses, os participantes do Profac saiam desse debate com maior entendimento sobre arte, cultura e gestão, assim como acerca de direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais para aprimorar sua linguagem artística e trocar conhecimentos para entender o interesse dos jovens, a fim de traçar as novas perspectivas de debates que contribuam para o seu desenvolvimento humano e profissional.

 

SOBRE NÓS
O Circo Crescer e Viver tem parceria institucional do Itaú Social e da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, e é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, Amil, Operador Nacional do Sistema Elétrico e Petrobras.